Conheça os diferentes tipos de piscina! - parte 2

No último post falamos um pouco sobre os principais tipos de piscina usados no mercado. Hoje, vamos falar mais um pouco sobre outros modelos super bacanas e suas particularidades, além de outros recursos que deixam essa parte da área de lazer muito mais atrativo!

Vamos conferir a segunda parte?


Piscina Semienterrada

Esse modelo de piscina fica parcialmente enterrada no terreno e parcialmente elevada. Um ótimo modelo para terrenos com elevações, já que, em relação a outras, se adapta com mais facilidade as irregularidades do solo.

Existem modelos de diversos materiais, entre eles: madeira, casco de poliéster, aço (sendo um dos materiais mais duradouros para essa finalidade), entre outros. Cada material apresenta suas características e vantagens.


Piscina Elevada

Essa piscina é estruturada totalmente acima do solo. Uma opção bem bacana pra espaços de lazer, pois a parte de escavação é dispensada. Os materiais com os quais podemos executar esse tipo de piscina também são muito variados, entretanto devem ser bem resistentes, pois não conta com o suporte do terreno para resistir a água.

Esse formato também permite detalhes diferenciados em relação aos demais tipos, como a inserção de vidro em uma das faces, que é o próximo tópico!



Fotos: Unlimited Pool/Pinterest


Piscinas de/com vidro

Esse tipo de piscina é provavelmente o mais luxuoso e elegante que temos no mercado atual. O vidro pode ser inserido como detalhe em piscinas de alvenaria, das sob medida ou ter de fato as faces inteiramente no material. A chapa de vidro utilizada nesse processo é feita exatamente para essa finalidade. O avanço da tecnologia contribui para a durabilidade e segurança da piscina, podendo comparar sua resistência com outros materiais como concreto.


Borda de Transbordo ou Infinita

É a queridinha de muitos. A "borda infinita" nada mais é do que um recurso usado no projeto que da a impressão de infinitude, já a linha d'água se une à linha do horizonte. Por esse motivo é um excelente recurso em terrenos com declive, valorizando muito o projeto. Já a execução pode variar, por isso é importante um estudo caso a caso.

Piscina com Prainha

Além da possibilidade de colocarmos desníveis, degraus e bancos internos, criar uma faixa mais rasa com água em torno de 20cm de altura já é queridinha nos projetos de piscina. A "prainha" como é conhecida é super astral e dependendo do tamanho, podemos colocar cadeiras ou espreguiçadeiras nessa parte.


Spa Integrado

É uma tendência no mercado que as áreas de lazer agreguem cada vez mais funções, por isso está cada vez mais comum que os clientes busquem integrar spas à área da piscina.

O spa integrado potencializa ainda mais a sensação de relaxamento e lazer já proporcionado pelas piscinas e deixa o espaço mais sofisticado. Além disso ele também é uma opção bacana para famílias com crianças pequenas, já que são estruturas rasas.

A manutenção desses espaços são muito semelhantes aos das piscinas e também variam de acordo com o material utilizado no projeto.



Fotos: Pinterest


Decks

Os decks podem fazer um papel super importante na área externa do projeto. Estão muito presentes nas áreas de lazer, principalmente quando o projeto conta com piscinas, mas também podem ser montados à parte.


O deck de madeira é o mais popular e apresenta diversas vantagens. Além da montagem rápida ele também e do custo que tende a ser mais baixo, o deck de madeira pode ser posicionado acima de outras superfícies e ainda fornece um conforto térmico. Uma característica super bacana tanto para o verão quanto para o inverno.

Para esse tipo de deck a manutenção é feita anualmente. Caso o deck seja envernizado é preciso raspar o verniz e reaplicá-lo. Caso seja de stain esse processo é dispensado. Além disso o stain é absorvido pela madeira e protege contra raios UV e insetos e fungos.

Outro tipo de decks são os revestidos em pedra ou cerâmica feitos especialmente para áreas externas. É importante o uso do material adequado pois esse tipo de revestimento são mais aderentes, sendo as opções mais seguras e ideais para essa finalidade.

Em contrapartida aos decks de madeira, sua instalação leva mais tempo, entretanto os cuidados com a manutenção são muito mais simples.


O que acharam desse post? Muito conteúdo bacana né?

Fiquem de olho aqui no blog que sempre tem muito conteúdo bacana!

Tem sugestão de conteúdo ou quer ver alguma especial por aqui? Deixa nos comentários!

Até a próxima!






Posts Em Destaque
Posts Recentes